Por que todos os softwares estão migrando para as nuvens?

Nuvem (ou “cloud”, em inglês) é um conceito no qual a entrega da computação ocorre como um serviço ao invés de um produto. O acesso a sistemas e a arquivos ocorre de forma remota, pela Internet, daí a alusão à nuvem.

Praticamente todas as pequenas e grandes empresas de softwares estão migrando seus sistemas para a nuvem. Para citar alguns exemplos, Adobe, levou o Photoshop e o Illustrator para o mundo SaaS; a Microsoft, tem o Office365 que é a versão cloud do pacote Office; Oracle, SAP, TOTVS, todas tem ERPs baseados em tecnologias web e com possibilidade de hospedagem em cloud; Gmail inaugurou uma nova experiência de uso dos leitores de e-mail com tecnologia 100% web.

Mas por que as empresas de software estão optando em distribuir softwares neste formato?

É mais rentável para elas

Com o sistema inteiro em uma página de internet abre-se a possibilidade de uma cobrança mensal do software em vez de uma taxa única para aquisição da licença e instalação. Como cliente isto é importante para você, pois o custo tende a diminuir e o compromisso de longo prazo da empresa aumentar. Esta tendência é verificada também em outros mercados como música (procure por Spotify) e vídeo (procure por Netflix).

É mais rápido aplicar melhorias

Os antigos sistemas desktop (desktop é o oposto de cloud) precisavam ser baixados e instalados no computador local. Quando uma alteração é necessária, um grande e complexo esquema é iniciado para atualizar o sistema em todos os clientes. Isto atrasa todo o processo de evolução do produto. A maioria dos sistemas cloud tem “deploys” diários, ou seja, as melhorias são inseridas gradualmente várias vezes ao dia e a equipe não perde tempo com versionamentos.

Não é necessário criar versões para ambientes diferentes

Um software desktop tem que estar preparado para ser instalado em diversos ambientes, configurações e plataformas. Os sistemas cloud rodam em um browser e por isto funcionam em qualquer plataforma sem necessidade de adaptação para estes ambientes diferentes.

É mais barato dar suporte

A equipe técnica tem possibilidade de dar um atendimento muito mais rápido já que pode, quando liberadas, acessar informações não identificáveis sobre a utilização do sistema.

Seu próximo computador vai rodar nas nuvens

Os clientes estão comprando tablets, smart phones e outros dispositivos baseados em cloud e querem acessar seus softwares a partir destes dispositivos. Sistemas baseados em cloud por padrão oferecem esta possibilidade.

Como isso influencia no seu negócio

  • Quais as vantagens da versão Cloud para os clientes (Wikipedia)

    • O usuário não precisa se preocupar com sistema operacional, hardware, servidores e rede que está usando em seu computador pessoal, podendo acessar seus dados na “nuvem computacional” independentemente disso;

    • O usuário pode acessar o sistema em tablets, smartphones, laptops ou qualquer outro dispositivo conectado a Internet;

    • As atualizações dos softwares são feitas de forma automática, sem necessidade de intervenção do usuário;

    • O trabalho corporativo e o compartilhamento de arquivos se tornam mais fáceis, uma vez que todas as informações se encontram no mesmo “lugar”, ou seja, na “nuvem computacional”;

    • Os softwares e os dados podem ser acessados em qualquer lugar, basta apenas que haja acesso à Internet, não são mais restritos ao ambiente local de computação, nem dependem da sincronização de mídias removíveis;

    • Diminui a necessidade de manutenção da infraestrutura física de redes locais cliente/servidor, bem como da instalação dos softwares nos computadores corporativos, pois esta fica a cargo do provedor do software em nuvem, bastando que os computadores clientes tenham acesso à Internet;

    • A infraestrutura necessária para uma solução de computação em nuvem é bem mais enxuta do que uma solução tradicional de hospedagem ou alojamento, consumindo menos energia, refrigeração e espaço físico e consequentemente contribuindo para a preservação e o uso racional dos recursos naturais.

    • Disponibilidade é maior, pois os erros são imediatamente reportados pela equipe técnica;

    • O usuário não precisa fazer backups.

  • Quais as desvantagens da versão Cloud para os clientes (Wikipedia)

    • É necessário conexão estável com a Internet. Havendo queda ou instabilidade, o acesso ao sistema é interrompido;
    • Maior risco de comprometimento da privacidade do que em armazenamento off-line.

Superlógica está preparada para o cloud?

Superlógica usa Amazon AWS para hospedar seu cloud. São mais de 2 dezenas de servidores de alto desempenho alocados no maior e melhor data center do mundo.

Esta capacidade computacional é automaticamente ampliada instantaneamente quando a demanda aumenta. Além disto, acompanhamos de perto, usando NewRelic, todas as requisições, erros, tentativas de invasão ou problemas de performance. Assim qualquer situação não prevista, pode ser contornada rapidamente.

Também usamos as melhores práticas para oferecer segurança ao nosso cloud. Seguimos recomendações e procedimentos do PCI, que é o que há de mais seguro em todo mundo. Somos scaneados e avaliados mensalmente pela Qualys Inc, uma empresa americana contratada para ampliar nossa segurança.

Experimente grátis
por 15 dias



Ligue grátis 0800 709 6800