FAQ > Condor > Layouts E Homologação

software de Finanças e faturamento para empresas de serviços

104 CEF


FAQ00065 • Link para este faq

SIGCB COM REGISTRO
Campo		Conteúdo	Formato
-------------------------------------------------
Agencia		Agencia		NNNN-D(4+1)
Codigo Cedente	Codigo Cliente	DDDDDD(6)*
Campo extra	Campo extra    	SIGCB
Carteira	Tipo Carteira	RG 
Nosso numero	Nosso numero	14NNNNNNNNNNNNNN
				N-D("14"+15)	
-------------------------------------------------
* Veja observacao 7



SIGCB SEM REGISTRO
Campo		Conteúdo	Formato
-------------------------------------------------
Agencia		Agencia		NNNN-D(4+1)
Codigo Cedente	Codigo Cliente	DDDDDD(6)*
Campo extra	Campo extra    	SIGCB
Carteira	Tipo Carteira	SR
Nosso numero	Nosso numero	24NNNNNNNNNNNNNN
				N-D
				("24"+15)
-------------------------------------------------
* Veja observacao 7



COBRANCA AZUL COM REGISTRO (SICOB)*
Campo		Conteúdo	Formato
-------------------------------------------------
Agência		Agência		NNNN-D(4+1)
Carteira	Carteira	NN ("CR")
Codigo Cedente 	Codigo Cliente	NNNNNNNN-D(8+1)
Campo extra	Campo extra	NNN(3) 
				(Padrão "870") 
Nosso numero	Nosso numero	90NNNNNNNN.D
				("90"+8+1)
-------------------------------------------------
* Veja observação 8



COBRANCA AZUL SEM REGISTRO (SICOB)*
Campo		Conteúdo	Formato
-------------------------------------------------
Agência		Agência		NNNN-D(4+1)
Carteira	Carteira	NN (2)
Codigo Cedente 	Codigo Cliente	NNNNNNNN-D(8+1)
Campo extra	Campo extra	NNN(3) 
				(Padrão "870") 
Nosso numero	Nosso numero	82NNNNNNNN.D
				("82"+8+1)
-------------------------------------------------
* Veja observação 8



SINCO SEM REGISTRO*
Campo 		Conteúdo 	Formato
-------------------------------------------------
Agência		Agência		AAAA-D (4 + 1)
Cód. Cedente	Conta Corrente	NNNNNN-D (6 + 1)
Campo extra	Modalidade	0
Carteira	SINCO 		SR
Nosso numero	Nosso número	9NNNNNNNNNNNNNNNN
				N-D 
				(1 + 17 + 1)
-------------------------------------------------
* Veja observação 4



TIPOS DE DOCUMENTOS
AP	Apólice de Seguro
CH	Cheque
DM	Duplicata Mercantil *
DMI	Duplicata Mercantil p/ Indicação
DR	Duplicata Rural
DS	Duplicata de Serviço
DSI	Duplicata de Serviço p/ Indicação
FAT	Fatura
LC	Letra de Cambio
ME	Mensalidade Escolar
NCC	Nota de Crédito Comercial
NCE	Nota de Crédito A Exportação
NCI	Nota de Crédito Industrial
NCR	Nota de Crédito Rural
ND	Nota de Débito
NP	Nota Promissória
NPR	Nota Promissória Rural
NS	Nota de Seguro
Outros	Outros
PC	Parcela de Consórcio
RC	Recibo
TM	Triplicata Mercantil
TS	Triplicata de Serviço
*- Mais utilizada para condominios.




REMESSA
Avise ao gerente da conta que o cliente utilizará um aplicativo não vinculado à CEF (aplicativo de terceiros, sistema próprio), e peça para que ele faça uma solicitação na central para que um técnico da CEF se desloque até a empresa do cliente e instale um aplicativo de comunicação para que o cliente gere arquivos remessas e envie através desse programa. É através desse programa também que o cliente recebe o arquivo retorno.
Assim que a caixa capturar na caixa postal o arquivo remessa, enviado pelo cliente, este passará por um processo de crítica (análise). Se o arquivo nao contiver nenhuma irregularidade, a Caixa enviará para a caixa postal do cliente, um arquivo contendo o registro tipo 0 do arquivo remessa recebido, com as seguintes informações acrescidas/alteradas:
Registro Tipo 0:
Pos. de / até		Conteúdo
172 a 191		"Remes Processada"
--------------------------------------------------
192 a 236		"999.999 regs ok".
			"99/99/99 as 99.99.99"(1)
--------------------------------------------------
(1)- quantidade de registros processados, data e hora.
--------------------------------------------------
Se o arquivo remessa apresentar alguma irregularidade (um ou mais registros não foram configurados segundo as especificações deste manual), a CAIXA rejeitará o arquivo e enviara para a caixa postal do cliente, no mesmo dia, um arquivo contendo todos os registros da remessa, a CAIXA enviará uma notificação, alertando a rejeição:
Registro Tipo 0:
Pos. de / até		Conteúdo
172 a 191		"Remes Rejeitada"
--------------------------------------------------
192 a 236		"Remessa rejeitada 999.999 regs ok".
			"99/99/99 as 99.99.99"(1)
--------------------------------------------------
A cobrança registrada (arquivo remessa) é mais trabalhosa e mais cara que a cobrança sem registro. Vejas as taxas cobradas pelo banco:
	- Taxa de inserção: apenas nas cobrança com registro;
	- Taxa de permanência: apenas nas cobrança com registro
	- Taxa de liquidação: cobrança com ou sem registro;
Fale com o gerente de seu banco sobre cobranças "sem registro" ou "sem existência", pois elas são mais baratas e menos trabalhosas para você.
O convênio SIGCB tem um sistema de retorno dos erros de arquivo remessa chamado Perfil de Rejeição. Existem duas variantes nesse perfil de rejeição a Rejeição Total, que faz com que o sistema de verificação de remessa do banco aborte o processo de verificação no primeiro erro, e rejeite o remessa e reporte o erro encontrado. Esse perfil não é recomendado porque faz com que o processo de envio de remessa seja muito repetitivo caso hajam muitos erros no remessa. O outro perfil seria o de Rejeição Parcial, o sistema de verificação de remessa lê todo o arquivo remessa e se tiver um ou mais erros ele rejeita o remessa e reporta todos os erros de uma só vez. Por padrão de contrato o perfil de Rejeição Total é o padrão. Então é necessário alterar esse perfil de rejeição de remessa, caso esteja usando o convênio SIGCB com remessa (Cobrança Registrada).





RETORNO
CNAB 240 e CNAB 400. Através do programa EDI que é instalado no computador do cliente. 
- Informe ao gerente da conta que o cliente utilizará um aplicativo não vinculado à CEF (aplicativo de terceiros, sistema próprio), e peça para que ele faça uma solicitação na central para que um técnico da CEF se desloque até a empresa do cliente e instale um aplicativo de comunicação para que o cliente receba o retorno processado pelo banco. É através desse programa também que o cliente recebe o arquivo retorno.





CONCILIAÇÃO
Para gerar o arquivo de conciliação, entre no site do banco com sua senha e acesse: Consulta->Extrato->Gerenciador Financeiro. Exporte para extensão OFC.


COMO HOMOLOGAR OS LAYOUTS PRÉ-HOMOLOGADOS?
Diferente da maioria dos bancos, usamos um processo diferente de homologação na Caixa Econômica Federal. O processo é diferente pois nossos boletos já estão pré-homologados nas principais carteiras da CEF e o processo de homologação convencional demora em média 30 dias. Para homologar boletos na CEF use o seguinte procedimento:
1 - Gere 1 boleto de $1,75;
2 - Faça o pagamento;
3 - No dia seguinte, verifique se a quantia foi creditada em sua conta;
4 - Processe o arquivo retorno e veja se a cobrança no software foi liquidada;
5 - Entre em contato com o suporte para enviar um arquivo de teste;
6 - Entre em contato com o banco para trocar o ambiente de teste para produção;


COMO HOMOLOGAR OUTROS LAYOUTS?
Os boletos para testes (20 modelos) devem ser entregues na sua agência, que procederá a conferência inicial, encaminhando-os para testes específicos na área técnica da CEF responsável pela aprovação final, quando então os boletos poderão ser impressos pelo cliente. Inicialmente, o cliente deve fornecer no mínimo 20 boletos para conferência da impressão. É necessário o envio do teste com antecedência mínima de 20 dias úteis da data de vencimento do título;
-  Os testes devem ser encaminhados para sua agência;
-  Caso ocorra qualquer alteração no processo de produção dos boletos (equipamento, sistemas, operação, mensagem), devem ser novamente submetidos à CEF para testes de validação/homologação.



OBSERVAÇÕES:
1- A Caixa Econômica Federal pode exigir para homologação dos boletos que seja impresso o número do CNPJ do cedente na linha do cedente e o CPF do sacado na linha do nome do cedente. Para isso deve-se marcar no cadastro de conta corrente a opção " Inserir CNPJ/CPF do cedente e sacado nos boletos".
2- Em alguns casos a Caixa exige que na ficha de compensação haja o logo do banco, para fazer isso faça o download do arquivo imagem-boleto.exe no link: http://www.superlogica.com/usr/downloads/adicionais/
3- Às vezes a impressão de 20 boletos não é suficiente para que saia no mínimo um boleto contendo um digito de nosso numero de 0 a 9. Para isso imprima mais boletos e selecione ao menos um com cada digito de nosso numero de 0 a 9 e envie o total de 20 boletos para o banco.
4- SINCO foi revogado em 07/04/08 e substituído pelo SIGCB.
5- Suporte tecnológico: 0800 726 0104 - escolha a opção 4, normalmente eles pedem o CNPJ, razão Social e telefone da empresa/condomínio, ou o apelido do convênio.
6- Atendimento comercial: 0800 726 0505 ou 3878 2000 (para localidades com DDD 11)
7- Na carteira SIGCB, se o banco passar o código do cedente no formato 009999-1, deve-se cadastrar sem o primeiro 0 e sem o hífen, assim: 099991.
8- Cobrança Azul: A CEF normalmente passa um único campo quando é solicitado os dados para preencher no Software, com padrão AAAAEEECCCCCCCCC-D, Agência: AAAA, Campo Extra: EEE, Código do cedente: CCCCCCCCC-D;









Ver todos os faqs desta categoriaVer índice desta categoriaImprimir Faq


Fale com a Superlógica
0800 709 6800

Termo de serviço & Política de privacidade